Mercado de estética em alta no Brasil: sua clínica está preparada para as novas tecnologias?

Tempo de leitura: 3 minutos

O boom do mercado de estética nos últimos anos

Dados da Abihpec (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) revelam que a vaidade feminina e masculina mantém o mercado de estética em ascensão, no qual movimenta mais de R$ 38 bilhões por ano no país.

Apesar do cenário econômico em que o Brasil se encontra, isso não parece estar interferindo na expansão dos negócios de quem atua neste setor. Isso porque, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a sua aparência, assim como com a saúde. 

Aliás, a preocupação com a beleza e cuidados pessoais já deixou de ser exclusividade das mulheres faz tempo e a busca do público masculino por novos serviços e produtos de beleza, cresce cada vez mais.

Não por menos, o Brasil é o quarto maior mercado global de beleza, estética e bem-estar. Só por esse dado é possível entender o grande potencial que o segmento de beleza tem. Sem falar que a média anual de crescimento desse setor nos últimos 10 anos foi de 4,1%.

Principais fatores para o cenário favorável no setor de estética

Existem duas principais explicações responsáveis pelo crescimento do mercado de estética:

1. Poder de consumo das mulheres devido a sua participação no mercado de trabalho, ao aumento de sua expectativa de vida e a ascensão social;
2. O público masculino está cuidando – além de cabelos, unhas e barba – da pele e do corpo, aumentando o consumo de produtos e serviços estéticos.

Além disso, o setor de estética se mantém em alta o ano inteiro. Inclusive, cada estação é mais propícia para focar em determinados tipos de tratamento.

No verão e na primavera existem as buscas por emagrecimento, tonificação corporal, procedimentos para remoção de celulites, estrias, etc. Já no outono e no inverno é mais comum a procura por cuidados faciais, por causa da baixa exposição ao sol, que é essencial para um resultado satisfatório.

Se atualizar no mercado de estética é o primeiro passo para colher os frutos deste setor

Sendo um mercado promissor, a inovação e o uso de boas tecnologias são indispensáveis para se manter relevante entre tantos concorrentes. Ou seja, o crescimento do mercado de estética no Brasil exige que os profissionais desta área se atentem às tendências de tecnologias.

Caso você pense que isso só irá gerar mais concorrência para o seu negócio, veja o outro lado da moeda, onde existe um público imenso procurando pelas opções de tratamento que sua clínica tem a oferecer. 

A grande questão que deve ser considerada aqui é: como você vai se destacar da concorrência e aproveitar o boom desse mercado? E é aí que entram as tecnologias e a inovação nos processos, como ponto-chave.

Tecnologia é o carro chefe na estética

Falar em ser relevante no mercado de estética é falar em inovação e tecnologias para a realização dos serviços e procedimentos. É preciso estar alinhado a isso para além de atrair mais clientes, garantir a segurança do paciente e dos produtos que são manuseados e aplicados na clínica.

Estamos na era digital, e o seu negócio precisa se adequar a ela para ter espaço no mercado. A opção de agendamento online, por exemplo, é uma tecnologia que proporciona comodidade e cativa o paciente. Mas, além disso, a qualidade dos serviços e produtos oferecidos precisa de atenção.

Indicações para reposição de colágeno em pacientes

Fonte: Elbermedical

Compartilhe