Atendimento online: como a telemedicina pode mudar sua clínica

Tempo de leitura: 2 minutos

Entre as diversas mudanças e adaptações impostas pela pandemia, a transformação digital que parecia algo ainda distante, tornou-se uma realidade para muitas famílias, empresas, serviços e setores profissionais. O coronavírus acelerou o processo de digitalização e forçou uma reestruturação rápida. Em pouco tempo, devido à necessidade de isolamento social, muitas atividades passaram por uma mudança acelerada, como a forma de estudar, trabalhar em home office e fazer compras. 

E a área de medicina e estética também precisou se adaptar pela necessidade de atender os pacientes de forma remota. Diante do cenário atual, o Conselho Federal de Medicina (CFM) reconheceu a possibilidade de serem adotadas, em caráter excepcional e enquanto durar o combate à pandemia de COVID-19, algumas modalidades da telemedicina. A autorização tem por objetivo proteger tanto a saúde dos médicos como a dos pacientes.

E aos poucos, a telemedicina, de solução emergencial durante a pandemia passou a ter forte potencial de novo modelo de atendimento. Alguns especialistas acreditam que a ferramenta veio para ficar e facilitar o tratamento de pacientes.

Teledermatologia

Por meio da telemedicina, é possível realizar consultas à distância, fazer alguns tipos de diagnósticos e monitoramento, analisar resultados e até prescrever. É importante considerar que deve ser usada com muito cuidado, já que o médico não está avaliando o paciente presencialmente e sim pelo vídeo. 

Mas, como usar esse recurso na área de estética e dermatologia que tem como base de seus diagnósticos, não somente o histórico clínico, mas o exame físico geral e o aspecto visual? Parece impossível, não? Pois bem, o que parecia algo tão distante e até impossível, acabou se tornando uma nova realidade devido à pandemia. 

Muitos médicos enxergaram na telemedicina uma alternativa para não perder o contato com os pacientes e até um meio de inovar e oferecer diferentes tipos de atendimento. Assim, está sendo possível aplicar a tecnologia em algumas situações: realizar retornos de consultas, acompanhamentos de patologias já controladas e orientações de rotinas de cuidados com a pele

E como o trabalho do profissional de saúde envolve beleza e bem-estar, alguns profissionais fizeram parcerias com nutricionistas, terapeutas e psicólogos para oferecer atendimento diferenciado e dessa forma amenizar os efeitos mentais e físicos do isolamento social.  E claro, demonstrar atenção e cuidado especial aos pacientes, mesmo à distância, nesse momento tão delicado.

E como fica o atendimento presencial?

Aos poucos, as clínicas começam a retomar o atendimento presencial tomando todas as precauções necessárias. E aquele paciente que teve ou está tendo o contato à distância, pode se sentir mais seguro devido à atenção dada pelo profissional.

Então, é importante estar preparado e saber qual aparelho de estética deve investir para oferecer as melhores tecnologias e tratamentos aos pacientes. E como ainda é um período de incertezas em que as pessoas não se sentem seguras, vale buscar equipamentos de estética para alugar. É uma ótima opção já que você pode definir por quanto tempo quer usar cada tecnologia de acordo com a demanda desse momento. Além disso, pode se manter sempre atualizado com novas tecnologias e tratamentos, como a radiofrequência Endymed e o laser XEO, que oferecem diversas opções de protocolos de alta eficiência.

Compartilhe